Justiça reconhece política do Facebook para nomes de perfis

//Justiça reconhece política do Facebook para nomes de perfis

Justiça reconhece política do Facebook para nomes de perfis

O Tribunal de Justiça de São Paulo reconheceu a política do Facebook de exigir que apenas nomes verdadeiros sejam usados em perfis da rede social.

O caso chegou ao tribunal depois que o professor Luiz DeRose — um dos pioneiros da ioga no Brasil e inventor do “Método DeRose” — quis acrescentar o título “comendador” ao sobrenome de seu perfil.

DeRose foi orientado diversas vezes pelo Facebook a fazer a correção de seu perfil pelo nome correto, mas não o fez. Com o perfil foi bloqueado, DeRose ingressou na Justiça com uma ação contra a rede social.

Ele obteve, em primeira instância, liminar que determinava a reativação do perfil com a palavra “comendador”. Após apelação, entretanto, o TJ decidiu que “o Facebook comprovou a existência e a válida aceitação de regras de uso de seu site”.

2017-10-24T11:40:29+00:00 outubro 24th, 2017|Categories: Últimas|0 Comments

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.