Curitiba 2035: Greca defende integração metropolitana

//Curitiba 2035: Greca defende integração metropolitana

Curitiba 2035: Greca defende integração metropolitana

O prefeito Rafael Greca participou nesta terça-feira (25/7) do segundo painel para definir os objetivos do Projeto Curitiba 2035, promovido por Comunitas, Fiep, Instituto Arapyaú e Prefeitura de Curitiba. O projeto envolve representantes de toda a sociedade para pensar as diretrizes de desenvolvimento da cidade nos próximos 20 anos.

O grupo de trabalho foi formado em 2016 por 50 entidades, representantes do terceiro setor, da sociedade civil, da comunidade acadêmica, do governo e empresários que elaboraram uma radiografia da cidade e deram as diretrizes para a formalização do documento fechado no evento desta terça-feira.

Greca ressaltou a importância de pensar Curitiba agora e nos próximos anos com uma integração e conexão metropolitana. “Para Curitiba é muito importante que tenhamos um desenho metropolitano. Esse desenho metropolitano passa por uma estratégia comum de sistema de saúde, de educação, de água, de transporte, de áreas verdes compartilhadas e também de um sistema desenvolvimento social e econômico. É importante que a Grande Curitiba não se transforme, como em outras regiões metropolitanas do País, em um lugar de conflito social ou de inquietação”, comentou Greca.

Foram definidos sete eixos estruturantes de trabalho para Curitiba: educação, qualidade de vida, inovação e criatividade, ambiente de negócios, sustentabilidade, participação cidadã e gestão pública. Cada eixo irá se desdobrar em diversas ações para o desenvolvimento humano, urbano e social da cidade.

O presidente do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Jarschel, ressaltou o trabalho de inteligência e desenvolvimento que vem sendo feito em Curitiba. “Além dos cursos de pós-graduação e desenvolvimento, estamos com um grande projeto de inteligência, em execução, que vai comparar indicadores do governo municipal com os indicadores da ONU, para facilitar o monitoramento das questões da cidade em conjunto com o plano Curitiba 2035 e as cidades sustentáveis”, comentou Jarschel.

A diretora de Gestão e Comunicação do Comunitas, Patricia Loyola, disse que as respostas para problemas globais são oriundas de soluções locais. “E, para isso, um dos grandes desafios é a implementação dos indicadores de governança e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nas cidades. A gente parte da premissa da governança compartilhada e o Comunitas está à disposição e é parceiro dos municípios para essa implementação”, afirmou.

Da Prefeitura de Curitiba participam do Projeto Curitiba 2035: Frederico Munhoz da Rocha, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação; José Lupion Neto, presidente da Cohab; Marcelo Ferraz César, secretário municipal do Urbanismo; Márcia Regina Krama, Teresa Cristina Ritzmann Torres e Miguel Gaissler, do Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc); Dâmaris Seraphim, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente;

Também participam do projeto José Henrique de Faria, da Isae FGV; Luiz Marcio Spinosa, da PUCPR; Paulo Cruz, da FAE Business School; Rodrigo Berté, da Uninter; Wanda Cristina Camargo, da Unibrasil; Antonio Carlos Gerardi, da Sanepar; Cadri Massuda, da Clinipam; Carlos de Paula, da Renault do Brasil; Carlos Rodolfo Sandrini e José Ost, do Centro Europeu; Diego Felipe Lobo Teles e Flavio de Souza Waluszko, da Copel Telecomunicações S.A; Edson Luiz Guariza, Paulo César Nauiack e Rodrigo Sepulcri Rosalem, da Fecomércio; Hélio Bampi, do Sistema Fiep; Renato de Faria, da Bosch; Edmundo Rodrigues da Veiga Neto, da Secretaria de Estado da Educação; Omar Akel, diretor-presidente da Comec; Diego Baptista, da Sociedade Global; Jamil M. Frare Assis, do Instituto Atuação; Alessandro Zimmer, dos Institutos Lactec; Aparecida de Fátima Nogarolli e Maria Lúcia Nakid Moro, do Movimento Nossa Curitiba; Armando Romero, do Conselho Regional de Administração; Bianca Lisboa da Camara Brasil, da Fundação Grupo Boticário; Marcelo Gonçalves e Orlando Pinto Ribeiro, da Reurbe; e Marco Antonio Mazzonetto, da Endeavor.

2017-07-26T13:45:26+00:00 julho 26th, 2017|Categories: Últimas|0 Comments

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.